Rica em “casas-registros” do passado, Rua dos Médicis merece ser percorrida a pé

Bem mais do que servir de ligação entre a Rua Dom Bosco e a Avenida Manoel Borba, a Rua dos Médicis dispõe de um precioso acervo de construções …

Saiba Mais

Riquezas de uma rua marcada para ser desfigurada

Acervo de casas da Rua Paes Cabral, no Cordeiro, merece ser valorizado e "salvo" do "progresso" que chega à Zona Oeste do Recife…

Saiba Mais

Quem se lembra do casarão do bar De vento em popa? Sumiu. Mas casas vizinhas resistem

No final da Rua Manuel Bezerra, na Madalena, um bar marcou os anos 80 no Recife. O chalé que abrigou o empreendimento foi demolido e poucas casas sobrevivem na via.…

Saiba Mais

Mesmo desfigurada, Estrada de Belém ainda reúne encantos

Antes que os últimos exemplares de casas desapareçam e o progresso descaracterize por completo a rua, percorremos o trecho que fica entre os bairros da Encruzilhada e Hipódromo para mostrar construções que resistem…

Saiba Mais

Casas garantem beleza e “humanidade” à Rua Cristóvão Jacques

Via que liga a Estrada de Belém à Marechal Deodoro conta construções preservadas e qualidade de vida só proporcionada por casas …

Saiba Mais

Área menos verticalizada do Espinheiro sofre, mas ainda guarda preciosidades

Na área menos verticalizada do Espinheiro é possível encontrar trechos longos dominados por casas de todos os estilos, épocas e níveis financeiros. Mas há uma quantidade considerável de construções postas para venda ou para aluguel.…

Saiba Mais

Demolições sem fim. Desta vez, duas casas desaparecem na Rua do Cupim

Destruição de construções que foram moradia vira rotina no Recife. Mais duas saem de cena nas Graças, comprometendo a memória do bairro, que tem amargado perdas continuamente…

Saiba Mais

Casas testemunham passado residencial de área central do Recife

A sina de "pólo médico" da Ilha do Leite fez com que inúmeras moradias desaparecessem para dar lugar a consultórios, clínicas, hospitais e empresariais. Os que resistem são invariavelmente agredidos na estrutura e fachada para se ajustar ao mercado da saúde.…

Saiba Mais

Leitores destacam casas sobreviventes em bairros da Zona Norte

Em diferentes bairros da Zona Norte, "imóveis-documento" se mantêm, às vezes preservadas e ocupadas, outras abandonadas e carentes de cuidados…

Saiba Mais

Três casas, três relíquias de um tempo em que flores e quintais eram essenciais às moradias

Três casinhas que ignoraram o "progresso" vertical dos Aflitos dão um recorte de passado a um pequeno trecho da Rua Doze de Outubro. Uma tem fachada azul, janelões e leva o nome de Villa Martinha. Uma outra, na esquina da Rua D. Idalina (sem saída), é cercada de flores e tem varanda com cadeiras. A terceira é bem recuada e possui um quintal que é (ou deveria ser) sonho de todo menino: amplo e cheio de fruteiras. Impossível passar por essa rua sem que olhos e alma façam festa. E…

Saiba Mais