Mais uma casa prontinha para desaparecer e “modernizar” o Recife

Construção de um tempo em que morar significava dialogar com a cidade será demolida nos Aflitos …

Saiba Mais

Demolido em 2015, sobrado da Padaria Capela cede espaço a farmácia (mais uma)

Demolido em 2015, mais antigo prédio da Avenida Rosa e Silva, onde funcionou a Padaria Capela, cede espaço à farmácia (mais uma), na esquina com a Rua Amélia. Recife tem sua história vendida a cada dia…

Saiba Mais

Exemplar racionalista mantido intacto na Carneiro Vilela

Esta casa racionalista em perfeito estado e completamente funcional é festa pros olhos na Rua Carneiro Vilela, nos Aflitos, Zona Norte do Recife. A rua ficou famosa por ser a "rua que Pelé casou". Com pilastras que surpreendem a gravidade, a casa desafia também o assédio desmedido e nocivo das construtoras. E mostra que construções antigas, se bem cuidadas, permanecem servindo moradia sem que se tenha de fechar pra rua e pra cidade. Pelo estilo, deduz-se que deve ter sido erguida …

Saiba Mais

Incrível e bem preservada casa racionalista na Carneiro Vilela

Esta casa racionalista em perfeito estado e completamente funcional é festa pros olhos na Rua Carneiro Vilela, nos Aflitos, Zona Norte do Recife. Com pilastras que surpreendem a gravidade, a casa desafia também o assédio desmedido e nocivo das construtoras. E mostra que construções antigas, se bem cuidadas, permanecem servindo moradia sem que se tenha de fechar pra rua e pra cidade. Pelo estilo, deduz-se que deve ter sido erguida na década de 50 do século passado, quando o racion…

Saiba Mais

Carente de melhorias, Santa Eugênia é exemplar de um tempo em que prédios-moradia dialogavam com a cidade

Três pisos, grandes janelas, varandas, muro baixo, jardim e o testemunho de um tempo em que prédios residenciais tinham conexão com a rua, com a cidade. O edifício Santa Eugênia, na Rua Doze de Outubro, no limite entre Graças e Aflitos, é um "estranho" no mundo verticalizado e uniformizado que engoliu a Zona Norte e outras áreas do Recife. O pequeno prédio está visivelmente carente de pintura e "rejuvenescimento", mas mantém um estilo simples e cada vez mais raro na arquitetura …

Saiba Mais

Três casas, três relíquias de um tempo em que flores e quintais eram essenciais às moradias

Três casinhas que ignoraram o "progresso" vertical dos Aflitos dão um recorte de passado a um pequeno trecho da Rua Doze de Outubro. Uma tem fachada azul, janelões e leva o nome de Villa Martinha. Uma outra, na esquina da Rua D. Idalina (sem saída), é cercada de flores e tem varanda com cadeiras. A terceira é bem recuada e possui um quintal que é (ou deveria ser) sonho de todo menino: amplo e cheio de fruteiras. Impossível passar por essa rua sem que olhos e alma façam festa. E…

Saiba Mais

Separados por quilômetros, casarões art nouveau permanecem lindos, embora desgastados

Esses dois casarões, exemplares da art-nouveau recifense, estão separados por alguns quilômetros mas guardam semelhanças que os aproximam. O primeiro fica na Rua José de Alencar, na Boa Vista. O segundo, na Avenida Rosa e Silva, nas Graças. Estão desocupados, mas, mesmo desgastados pelos anos, permanecem com linhas originais e beleza preservadas. A riqueza de detalhes arquitetônicos e a sofisticação estética que marcou construções residenciais de abonados do começo do século…

Saiba Mais