Antes que Suma

Crônica de uma demolição anunciada: a casa da Rua das Fronteiras se foi

Por Jota | 21 de abril de 2017

Como informado aqui em novembro do ano passado, a casa com diversos níveis de telhado, varanda em arco, chaminé e jardim, nos fundos do hospital Memorial São José, estava mesmo com o dias contados.

Resta agora o terreno cercado de tapumes onde, de acordo com trabalhadores do entorno, será erguido mais um prédio espelhado e desvinculado das redondezas do Paissandu e da Boa Vista.

O hospital seria o autor da demolição – o imóvel abrigou setores do estabelecimento. Se esta informação se confirmar, o edifício que virá por aí deverá abrigar expansão dos negócios do Memorial.

A casa, pode ser, portanto, mais uma a ter desaparecido por conta da gana de crescimento do polo médico.

Mas, seja qual motivo for, o certo é que trata-se de mais um pedaço da memória arquitetônica engolida pelo mercado.

Veja abaixo fotos do terreno e de como era a casa. E relembre o que foi escrito pelo Antes que suma em 3 de novembro de 2016 e post que trata dos males do polo médico para história do Recife:

Mais uma casa sob risco de desaparecer por conta do “progresso” do polo médico

Casas testemunham passado residencial de área central do Recife