Antes que Suma

Rua que homenageia Vauthier, o engenheiro do Teatro Santa Isabel, reúne belezas

Por Jota | 3 de abril de 2017

Uma rua curta, entre a Estrada de Belém e a Rua da Coragem, na Encruzilhada,  homenageia o engenheiro francês Louis Verger Vauthier.

O dito cujo foi responsável pela construção do Teatro Santa Isabel, entre outras construções que marcam a história do Recife.

O nome foi aportuguesado, virou Luiz Vauthier. E a rua, curiosamente, reúne casas que resistem ao tempo e ao avanço da devastação promovida pelo mercado imobiliário naquela área da cidade.

O Antes que suma percorreu os poucos metros da via e registrou o patrimônio da Luiz Vauthier.

Não existem exemplares neoclássicos como os construídos pelo francês, mas há imóveis com valor arquitetônico que marcam a identidade do bairro.

Como grande parte das casas do Recife, as desta rua estão escondidas por muros. Mas conseguimos dar uma ideia de como são as construções.

Segundo informações de publicação da UFPE, “o engenheiro francês chegou ao Recife no ano de 1840 e trouxe com ele as ideias de progresso e de reformas sociais que fervilhavam nas escolas de engenharia francesa”.

Vauthier impressionou e agradou ao introduzir em Pernambuco novas técnicas de construção e de novos materiais, como o ferro.

Como chefe da Repartição de Obras Públicas (ROP), além de planejar o fornecimento de água potável e realizar obras de engenharia sanitária, a exemplo de aterros de mangues e alagados, ele construiu estradas, pontes e prédios públicos.

Saiba quem foi e o que fez Vauthier AQUI (Fundação Joaquim Nabuco), AQUI (Universidade de Paris) e AQUI (Jornal do Commercio).