Antes que Suma

Casarão resiste, mas não está livre do risco de desaparecer

Por Jota | 11 de abril de 2019

É cada vez mais raro encontrar uma preciosidade dessas no Recife. Ainda mais numa região tomada por arranha-céus como é a Jaqueira.

Esta, localizada na Rua José Clementino, permanece linda, bem preservada e intacta, inclusive com muro baixo.

Está ainda ocupada por moradores, mas, segundo leitor do Antes que suma – familiar dos proprietários – o imóvel foi colocado à venda.

E, oferecida ao mercado numa área tão valorizada a casa, como tantas outros da Zona Norte da cidade, pode desaparecer.

A perda, caso se concretize, deixará órfãos a rua e o bairro de um conjunto admirável. A soma dos traços da casa com a imponência – e a sombra gigante – da castanhola que fica na calçada gera um resultado deslumbrante.

A construção tem dois pisos com varandas amplas em ambos. Aliás, amplitude é quase sinônimo da casa. A impressão que se tem observando de fora é que todos os cômodos são “generosos”.

Com a preservação do muro original, é possível apreciar a grandiosidade do casarão, mas também detalhes “atraentes” no jardim, no piso da varanda térrea, nas colunas.

Ao passar pela rua José Clementino, repare no número 52 e se deixe encantar.

Veja mais posts que tratam da Zona Norte do Recife:

Belo, imponente e “escondido” na Rosa e Silva

Casarão transformado em salão de festa é festa pra quem passa na Rui Barbosa

Na Rui Barbosa: beleza preservada no casarão da Justiça Eleitoral

Palácio dos Manguinhos é exemplar precioso da arquitetura do século XIX

Casarões do antigo Unicordis são demolidos na Rosa e Silva

O belo conjunto que abriga a Escolinha de Arte do Recife

Mais um casarão desaparece da Avenida Rosa e Silva