Antes que Suma

Casa azulejada da Rua da Fundição é demolida, mas fachada “sobrevive”

Por Jota | 8 de novembro de 2017

Em abril deste ano, estive na Rua da Fundição, no bairro de Santo Amaro, para registrar o casario antigo que a cada está mais ameaçado com a tomada da região pelas construtoras.

Fiz algumas fotos, mas como já anoitecia, desisti e decidi voltar outro dia mais cedo, com mais luz, para fazer novas imagens.

Fiquei muito bem impressionado com uma casa azulejada, a única da rua, com dois janelões e um portão com arco no topo, que servia de entrada principal. Estava bem preservada, ocupada, cheia de vida. Era uma moradia.

O tempo passou, fui adiando o retorno, sem, no entanto, esquecer da casa azulejada. Nesta quarta-feira, 08 de novembro, voltei.

E a casa está a caminho do fim. Todo o interior está sendo demolido. Vai se transformar num salão de reuniões de das muitas igrejas neopentecostais que concorrem com as construtores na tomada de Santo Amaro.

A fachada, felizmente, ainda está de pé. Um alento diante da terrível imagem dos destroços no interior da construção.

Segundo trabalhadores da obra, a informação é de que a ela deve permanecer como está. Eles não souberam informar se o imóvel é protegido por tombamento ou legislação de preservação.

Torçamos para que a decisão de salvar a fachada seja mantida.

As fotos da primeira galeria foram feitas nesta quarta-feira, 08.11.2017. As cinco fotos da segunda foram feitas em abril deste ano.

Relembre de posts publicados no Antes que suma que tratam do bairro de Santo Amaro:

Rua do Lima é memória viva e ainda rica do bairro que construtoras estão engolindo

Prédio da TV Jornal é tesouro da arquitetura e da história da televisão

Saiba mais do bairro de Santo Amaro AQUI