Antes que Suma

Casarão avarandado com “cara” de fazenda é hotel na Barão de São Borja

Por Jota | 23 de novembro de 2017

Na esquina da Rua Barão de São Borja com a José de Alencar, um casarão pintado em tons de verde sedia um hotel. Mas, é impossível olhar para ele e não associá-lo a uma casa de fazenda.

Com varanda que acompanha a parte frontal e toda a lateral esquerda do primeiro piso, a construção tem um ar “acolhedor”.

Uma escada que liga o jardim do térreo ao pavimento superior ajuda a formar o “clima” rural.

Os corrimões da escada e os guarda-corpo da varanda, formados por pequenas pilastras, completam o conjunto.

O jogo de tonalidades realça adornos do chão ao teto da construção, inclusive na platibanda, onde um círculo que sobressai no limite da fachada expõe o nome do hotel (a placa gigante destoa completamente no cenário).

Além das belezas mais óbvias, o casarão reúne detalhes que merecem ser destacados. Janelas, grades, jardins e corredores do térreo também têm seus encantos.

O casarão foi residência, assim como tantos outras construções imponentes das redondezas – na José de Alencar, na Marques Amorim, na Giriquiti.

E como alguns dos que sobrevivem se mantém bem preservado e encantando quem circula pela área.

Relembre o que o Antes que suma já apresentou sobre o “acervo” da Barão de São Borja e cercanias.

Casarão da Condepe/Fidem encanta em esquina da Boa Vista 

Necessitado de restauro, prédio de colégio municipal é riqueza azulejada do Recife

Conjunto de esculturas da Escola Oliveira Lima é tesouro “invisível” e esquecido

Restauro avança e Villa Ritinha começa a atrair eventos de arte  

Casa histórica teria sido comprada pelo Sinduscon para ser demolida e virar estacionamento

Réquiem para o lindo casarão demolido pelo Sinduscon na Marques Amorim