Antes que Suma

Fachada e “carcaça” de casarão de 1915 ganham vida nova para abrigar loja

Por Jota | 19 de novembro de 2016

A esquina da Avenida Manoel Borba com a Rua José de Alencar testemunhou por anos a deterioração de um casarão de 101 anos.

Da edificação de 1915 restou a carcaça e, nela, a beleza dos detalhes da fachada.

O que sobrou do prédio abrigou um depósito de um estabelecimento comercial.

Agora, após leitores do site indicarem que a construção estava sendo recuperada, pode-se ver que há “novidades” vindo da esquina.

O imóvel, ou o que sobrou dele, está sendo recuperado. Grande parte da fachada do lindo casarão de traços art-nouveau está em restauração.

Mesmo estando toda a edificação já recoberta de branco, os sinuosos desenhos florais localizados acima dos janelões e no topo estão lá, impressionando quem passa.

O prédio, que foi residência e a charmosa sede do Sindicato dos Tecelões de Pernambuco, abrigará uma loja de material escolar.

Obviamente que reparos e cuidados com uma construção que ajudar a contar a história do bairro da Boa Vista e do Recife são bem-vindos.

No entanto, publico aqui preocupação de um dos leitores que vem acompanhando o trabalho de recuperação:

“Apesar da intervenção estar contemplando a recuperação das alvenarias e dos detalhes arquitetônicos, a fachada que dava para o pátio interno foi completamente destruída, sendo construído um depósito de gosto duvidoso. Acima do imóvel foi colocado um painel metálico para esconder a estrutura pré-moldada do novo telhado”.

Pois é. O painel metálico, também pintado de branco, “engole” a parte superior da fachada e anula o desenho original. Uma pena.

As nove primeiras fotos da galeria mostram as obras e os efeitos da restauração. As demais retratam o “antes”, o prédio deteriorado.