Antes que Suma

Oceania: o lindo prédio do filme Aquarius é símbolo de resistência na Zona Sul

Por Jota | 9 de junho de 2016

O Edifício Oceania, cenário e “personagem central” do filme Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, é, na vida real, símbolo máximo de resistência à descontrolada especulação imobiliária do Recife, em particular da orla de Boa Viagem/Pina. Na ficção também.

Na trama, a atriz Sônia Braga vive uma jornalista, moradora do Aquarius, que abre guerra à construtora interessada em adquirir o pequeno edifício (dos anos 1950) para demolí-lo e erguer no local mais arranha-céu, como tantos outros existentes na na cidade.

O enredo, atualíssimo, retrata, a partir da resistência da moradora, o quanto a memória e a história do Recife estão sendo cotidianamente devastadas.

Há pouco mais de dois meses, o pequeno edifício Caiçara, também um dos raros residenciais antigos que “sobrevivia” na avenida, a metros do Oceania, foi demolido este ano após ser alvo de luta judicial entre construtora e entidades da sociedade civil.

As imagens de ontem de hoje são da página Recife de Antigamente 

oceania2